Resenha: Essa luz tão brilhante

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018


"Todas as coisas perversas começam na inocência."



Título: Essa Luz tão brilhante
Páginas: 208
Editora:Arqueiro
Lançamento: 2016
Skoob
Compre: Amazon
Classificação: 4,5/5




Lucille é apenas uma menina de 17 anos.
Tem uma amiga especial, uma irmã de 10 anos, super fofa, e até um crush, ela poderia ser uma adolescente comum, mas...

A vida de Lucille está uma grande confusão.
Seu pai teve um surto e sumiu, sua mãe também desapareceu, e Lucille ficou sozinha com a irmã e muitas responsabilidades e dificuldades.

Ela precisa assumir a casa, pagar as contas e alimentar a irmã, fingir para os vizinhos, e todos, que tudo está bem, pois se não der conta de tudo, pode perder a guarda da irmã.

Mas Lucille não está sozinha! Ele tem a amiga Eden e o irmão gêmeo, Digby, que mexe demais com o coração dela.

Lucille é humana, uma menina forte e determinada, mesmo nos momentos em que acha não tem mais forças, ela se supera e corre atrás do que precisa. 
É uma menina, com muitas responsabilidades, dores e mágoas, que precisa lidar com a falta dos pais, a educação da irmã e também com o coração, o início de uma história de amor.




Eu adorei essa história, adorei a construção dos personagens e a narrativa, muito fluída e gostosa de ler.

Estelle Laure conseguiu nos apresentar uma história leve e encantadora, apesar dos sentimentos pesados e do drama vivido pelas personagens.

Me encantei, amei e me emocionei e diverti em muitos momentos dessa leitura!

Indico para todas as idades!

Destaque especial para essa capa linda! AMO!🌟❤


"Como é que num dia uma pessoa é um componente de decoração na casa (uma mesa bacana, talvez) e no outro passa a ser os canos, a fundação, a viga central sem a qual toda estrutura desaba? Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no Sol?"
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário