Resenha: A luz que perdemos - Jill Santopolo

sexta-feira, 29 de junho de 2018




"Você me marcou. Sabia? Você. O 11 de setembro. Quem sou, as escolhas que fiz, devo a você. Por causa daquele dia."




Título: A luz que perdemos
Autor: Jill Santoollo
Páginas: 300
Editora: Editora Arqueiro
Lançamento: 2018
SKOOB
Compre: Amazon
Classificação: 4/5







Uma história sobre escolhas, paixão e destino!

Lucy e Gabe se conheceram na manhã do fatídico 11 de setembro de 2001. No dia do atentado, em que dois aviões colidiram com as Torres Gêmeas em Nova York.
Ao vivenciarem tanta dor e desespero do próximo, decidiram juntos, que fariam a diferença no mundo.
Mas eram jovem, tinham muito o que viver, e aprender sobre a vida...



Ao se reencontrarem, 1 ano depois, a atração que sentiam um pelo outro, logo se reacendeu e eles entraram em um relacionamento intenso e repleto de paixão, mas Gabe decide seguir seus sonhos e embarcar para o Oriente médio e investir na carreira de fotógrafo, deixando Lucy em Nova York. .
13 anos se passam...
Lucy conhece um novo amor, o maravilhoso Darren, dedicado e amoroso. E com ele constrói uma vida, mas seu coração nunca esqueceu Gabe, e ao longo desses anos, um misto de emoções, paixão, dor, ciúme, medo e amor, rodeou essa família e esse relacionamento.
Lucy e Gabe tiveram escolhas, a fizeram e sofreram suas consequências...

Mas até onde o destino e o livre arbítrio são capazes de orquestrar nossas vidas?



Esse livro, mexeu comigo de várias formas! 
Até agora não sei se gostei ou não do final rs...
Mas não posso deixar de dizer, que Jill Santopollo, contruiu com uma narrativa extremamente envolvente e fluída, uma história que nos faz refletir. 
Podemos acompanhar, através da narrativa de Lucy, seu amadurecimento como pessoa, os fatos que a vida lhe impõe e suas escolhas. Não concordei com muitas, mas não pude deixar de sentir empatia por ela em vários momentos.


Sem sombra de dúvidas, "A luz que perdemos" é uma história emocionante e poderosa!


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário