Resenha: Uma proposta e nada mais - Mary Balogh

quinta-feira, 23 de agosto de 2018





"Todo mundo tinha os próprios demônios para enfrentar ou não enfrentar, pensou ele. Talvez essa fosse a essência da vida. Talvez a vida fosse um teste para ver como cada um lida com isso e quanta empatia demonstra pelos outros enquanto trilha o próprio caminho."

Título: Uma proposta e nada mais
Série: Clube dos Sobreviventes #1
Autor: Mary Balogh
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Lançamento: 2018
Skoob
Compre: Amazon
Classificação: 5/5





Sim, eu vos apresento mais um romance de época maravilhoso!


Esse foi meu primeiro contato com a escrita da Mary Balogh, e ela me conquistou completamente!

Hugo Emes, é o carrancudo e grosseiro Lorde Trentham. De cavalheiro ele só tem o título, que aliás não veio de berço, ele ganhou o título como reconhecimento de seu heroísmo na guerra, mas na verdade, é filho de um rico comerciante, gosta do interior e de lidar com as plantas e animais.


Mas, após o falecimento de seu pai, precisa tomar a frente da família e assumir suas responsabilidades, entre elas, a meia-irmã e a madrasta, e para isso, acredita que o melhor a fazer, é encontrar uma esposa.

Numa de suas visitas ao Clube dos Sobreviventes, ele conhece a jovem viúva Gwendoline, lady Muir.
E mesmo que uma grande coincidência a tenha jogado nos braços de Hugo, e que ele precise de uma esposa, não deseja cortejá-la, pois tem uma aversão a damas da aristocracia.

Gwen, apesar de satisfeita com sua vida, se sente um tanto solitária, e considera se casar novamente, em busca de um relacionamento tranquilo.








Mas atração entre eles é mútua e intensa, Hugo não resiste ao jeito adorável e inocente de Gewn e a cada beijo e carícia eles se apaixonam mais e abrem o coração um para o outro.
Eu amei cada parte desse livro!

Amei esse casal, com seus dramas, traumas e dores, e o quanto são fortes e determinados a lutar e superar cada momento difícil, com amizade e amor.


"Um proposta e nada mais" é um romance intenso e maduro, sobre um amor capaz de ultrapassar as fronteiras da sociedade, capaz de curar e de dar um novo sentido a vida.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário